multi midia
ENTRETENIMENTO

Câmara recebe pedido de investigação contra 07 vereadores

IMG-20170302-WA0074-696x434

banner_propaganda2-3O autor do pedido é o servidor do Estado Antônio Nepomuceno Junior, mais conhecido como “Nepomuceno”. O pedido, que agora será analisado pela Câmara, se baseia na possível quebra de decoro parlamentar.

a tarde dessa quinta-feira (02), a Câmara de Vereadores de Frutal/MG recebeu um pedido de abertura de Comissão Processante contra os 07 vereadores acusados pela Polícia Civil e Ministério Público de corrupção ativa e passiva. Esses vereadores, inclusive, foram presos no final do ano passado e foram impedidos de tomar posse de seus cargos. Através de liminar concebida pelo Tribunal de Justiça de Minas, todos os 07 conseguiram, ainda no mês de fevereiro, tomar posse de seus respectivos mandatos.

O autor do pedido é o servidor do Estado Antônio Nepomuceno Junior, mais conhecido como “Nepomuceno”. O pedido, que agora será analisado pela Câmara, se baseia na possível quebra de decoro parlamentar. “Eu acho que essa situação não indignou só a mim, mas todo o cidadão frutalense, e baseado no Regimento Interno da Câmara, qualquer cidadão pode entrar com pedido de afastamento”, disse o Nepomuceno.

Ele diz ainda “que a situação é vergonhosa, não só pra mim, porque por diversas vezes em outra cidade as pessoas perguntam ‘você é de Frutal, daquele local que prendeu 07 vereadores. E aí, como é que está? Estão presos ainda?’. Não, estão soltou e já assumiram (mandatos). Eu acho que chega! Eu acho que essa conduta deles é incompatível com a função de vereador”.

Ainda de acordo com ele, as provas coletadas pelas investigações conduzidas pela PC e MP são suficientes. “Eu acho que tudo o que foi comprovado até agora através de vídeo e gravações, e foram mais de 13 horas de gravação, seria prova suficiente. No mínimo é um decoro contra a classe”, finalizou sargento Nepomuceno.

Diário do Triangulo com informações Alô Frutal 17021937_1249704108450934_395341673798478952_n

Most Popular

para o Topo