multi midia
POLÍCIA

Homem morre em troca de tiros com a PM em Conceição das Alagoas; militar ficou ferida

blog-qsp-arma-de-fogo-imagem-ilustraçao-

17458109_1283516065097236_7429722647598291507_nUm homem, de 49 anos, morreu depois de trocar tiros com policiais militares em Conceição das Alagoas na madrugada deste domingo (24). Uma policial, de 27 anos, ficou ferida depois de ser baleada pelo homem.

Segundo o registro da ocorrência, militares realizavam patrulhamento pela Avenida Brasil quando viram um indivíduo, de motocicleta, transitando pela contramão de direção. De imediato, a polícia iniciou acompanhamento e deu ordem de parada ao suspeito, porém, ele não obedeceu.

O motociclista virou na Rua Luciano Barreto, também na contramão, e colidiu em outra moto. Os policiais desembarcaram da viatura para realizarem a abordagem, porém, o homem continuou fugindo na motocicleta, não obedecendo à ordem de parada.

Depois de cerca de 200 metros, o suspeito parou na Rua América, desceu da moto e tirou o capacete. Ao ser questionado sobre o motivo de andar pela contramão e não ter obedecido a ordem de parada, ele respondeu que era inabilitado. Foi visto apenas um pequeno porta-canivetes com ele. O homem também entregou aos quatro militares o documento do veículo e a identidade.

Na sequência, ele sentou-se na calçada enquanto era qualificado por um dos PMs. Neste momento, um veículo realizou uma manobra “cavalo de pau” perto da guarnição, tendo dois militares adentrado na viatura rapidamente e iniciado acompanhamento, enquanto solicitavam apoio a outra viatura do turno.

Por isso, no local, permaneceram o sargento e a soldado, considerando estarem com o suspeito de desobediência detido e a moto apreendida. Após alguns instantes, o sargento solicitou via rádio o envio de um guincho para remover a moto do homem, que demonstrou estar inconformado com a decisão.

No momento que o militar fazia a solicitação, a soldado viu que o homem se agachou colocando a mão na botina e tirou um revólver, apontando a arma para o policial. O homem atirou na direção do sargento, que se esquivou para se abrigar. Depois, o homem fez um disparo contra a policial. O tiro atravessou o cinto de guarnição dela, atingindo a região lombar.

Os outros dois policiais retornaram de viatura ao local e socorreram a militar ferida. Enquanto ela foi levada por outro soldado até o Pronto Socorro, um cabo e o sargento iniciaram a perseguição ao homem.

Quando o homem viu a aproximação do cabo, ele atirou contra o policial e continuou correndo. Ainda na perseguição, o homem novamente apontou a arma em direção ao cabo e atirou mais duas vezes contra o militar. O policial, por sua vez, atirou contra o suspeito. Um dos disparos atingiu o homem, que caiu.

Pelo fato de o cabo ter declarado ser o único a ter tido embate com o homem no local do desfecho dos fatos, as armas, munições e carregadores dele foram apreendidos e foi dada voz de prisão em flagrante delito. O policial foi encaminhado à presença do tenente para a confecção do auto de prisão em flagrante, conforme procedimento de praxe da Polícia Militar (PM).

O perito da Polícia Civil compareceu ao local dos fatos e recolheu a arma de fogo e os objetos que estavam com o homem de 49 anos.

A reportagem não conseguiu obter informações se a militar ferida já teve alta do hospital.

G1 Triangulo944564_556656147715270_2078828699_n

Most Popular

para o Topo