REGIÃO

Preso pistoleiro e identificado envolvidos no atentado contra a vida do prefeito de Campo Florido

111c457b-bd8d-4a95-9958-490226185db9

Prestes a completar um ano do atentado contra a vida do atual prefeito de Campo Florido/MG – Renato Soares de Freitas “Renatinho”, as investigações da PCMG, resultou na prisão de um homem, tido como “Pistoleiro” que teria sido contratado para matar  Renatinho, o suspeito foi preso na semana passada em Indianópolis/MG (64 km de Uberlândia).

A Polícia Civil deflagrou uma operação na manhã desta quarta-feira (18) em Campo Florido/MG (Triângulo Mineiro), para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão.

copos

Ainda não foi informado oficialmente nomes de alvos envolvidos na operação, porém, a reportagem do DT apurou que, o autor dos disparos “Pistoleiro” teria apontado em depoimento a PC, o mandante principal do crime e o envolvimento de pelo menos 04 pessoas ligadas diretamente no caso.

Cerca de 40 policias civis de Belo Horizonte estão na cidade onde deverão cumprir diversos mandados de busca e apreensão. As primeiras ações tiveram inicio por volta das 06hs da manhã e esta previsto ao longo do dia uma entrevista coletiva com o delegado responsável pelo caso.

Entenda o caso

Eleito em 02 de Julho de 2017, Renatinho sofreu o atentado no dia 30 de junho do ano passado, às vésperas da eleição suplementar que ocorreu em 02 de Julho. Renato estava no bairro Junqueira, juntamente com o irmão, Guilherme quando um homem se aproximou, efetuou os disparos e fugiu.

A vítima, que é cadeirante, foi alvejada com pelo menos 04 disparos de arma de fogo que o atingiu o ombro, o tórax e o pescoço. No local, a PM localizou duas cápsulas de munição calibre 380 e um projétil deflagrado do mesmo calibre.

Renato recebeu os primeiros socorros ainda em Campo Florido e posteriormente foi transferido para um hospital particular em Uberaba onde recebeu alta no dia 5 de julho.

Mesmo estando em um leito de um hospital e sem condições de votar em si próprio, Renatinho foi eleito prefeito de Campo Florido e obteve 56,39% dos votos validos, o que equivaleu, 2.671 votos. A eleição fora do prazo ocorreu, pois, o candidato a prefeito mais votado em 2016, Ronaldo Castro Bernardes teve o registro indeferido pelo TSE por ter tido contas públicas rejeitadas.

Na eleição extemporânea, Renato Soares de Freitas derrotou Vanessa Melo, do PSDB, que teve 1.937 votos (40,8%), e Rufino Neto, da Rede, que ficou com 129 votos (2,7%). Na cidade, 4.821 eleitores compareceram às urnas e houve apenas 25 votos em branco (0,52%) e 59 nulos (1,22%).

A qualquer momento mais informações

Por Pedro Voznhak

pais e filho

Most Popular

para o Topo